Ælita e a originalidade de Mando Diao

Mando Diao sempre foi uma banda original, para dizer o mínimo. Depois de começar com três álbuns mais tradicionais e puxados para o britrock (apesar de os caras serem suecos) e para o garage rock, fizeram o quarto disco “Never Seen the Light of Day” com elementos de folk e country. Em seguida, veio “Give me Fire” – álbum que tem “Dance with Somebody”, provavelmente a mais famosa faixa deles no Brasil -, que estava mais para pop anos 80. E no próximo, resolveram inventar de vez e soltar um disco em sueco. Enfim, um belo leque de variedades para uma banda nova, que surgiu depois dos anos 2000. Em seu sétimo disco, “Aelita”, as inovações não pararam. Seja isso algo bom ou ruim.

Continue lendo aqui…

 

Catfish and the Bottlemen, uma tradicional Shepherd’s Pie

De tempos em tempos, quando uma banda britânica cruza a fronteira de “indie com potencial” para “sucesso comercial”, começa-se a procura por um substituto. É algo tradicional entre a mídia que acompanha a música indie. Assim, desde que o Arctic Monkeys estourou por completo com o excelente AM, lançou-se a temporada de caça por seus herdeiros e, apesar de ainda dizer que nada concreto tenha aparecido por enquanto, olhares já prestam atenção em uma banda galesa: Catfish & the Bottlemen.

Continue lendo aqui…

 
javaversion1
Warning: passthru() [function.passthru]: Cannot execute a blank command in /home/storage/5/a9/c8/pandaontheradio/public_html/wp-content/themes/casper/footer.php on line 3